Lore:Gods R

A UESPWiki – Sua fonte de The Elder Scrolls desde 1995
Lore: Deuses: G(Redireccionado de Lore:Riddle'Thar)


Rajhin, Footpad, Thief God of the Khajiiti

Thief god of the Khajiiti, who grew up in the Black Kiergo section of Senchal. The most famous burglar in Elsweyr's history, Rajhin is said to have stolen a tattoo from the neck of Empress Kintyra as she slept.[1] It was Rajhin who used the Ring of Khajiiti's powers to make himself as invisible, silent, and quick as a breath of wind. Using the Ring, he became the most successful burglar in Elsweyr's history. Rajhin's eventual fate is a mystery, but according to legend, the Ring rebelled against such constant use and disappeared, leaving Rajhin helpless before his enemies.[2] After his death, his spirit was bound to the land until the ring was retrieved by the Eternal Champion from a dank abyss in Black Marsh where it had been hidden by the Underking.[citação necessária] Tales of Rajhin have become an integral part of Khajiiti culture.[3]

Reman Cyrodiil

Reman Cyrodiil, chamado de Deus Mundano, é um deus-herói cultural do Segundo Império, fundador da Dinastia Remana e o maior herói do Problema Akaviri em 1E 2703. Seu nome, Reman significa "Luz dos Homens". Ao contrário da crença popular, a província de Cyrodiil não recebeu o nome dele, na verdade foi ele que adotou o antigo nome Ayleid da província, Cyrod, como seu sobrenome.

História

A invasão Akaviri foi o que permitiu Reman, chamado como "filho do Oeste", a unir várias facções diferentes sob a sua liderança Vários dos antigos fortes e castelos em Arcéu são restos da rede de fortificações que Reman construiu para a defesa contra Akavir. Reman não apenas parou os invasores, ele também os convenceu a ajudá-lo a construir seu próprio império e conquistar toda Tamriel (com exceção de Morrowind). Os Akaviri foram os primeiros a reconhecê-lo como Draconato. Na verdade, foram os Akaviri que mais se esforçaram para promover a posição de Reman como Imperador (apesar de Reman nunca ter tomado o título durante sua vida). Eles aparentemente estavam procurando pelo Draconato e quando eles ouviram a voz de Reman durante a batalha na Passagem Pálida, eles perceberam o que ele era, se ajoelharam e juraram lealdade a ele.

A formação de Cyrodiil como é conhecida hoje é creditada a Reman, que incorporou aspectos de Pedra Alta, Colovia, a região de Nibenay e a sofisticada e estranha cultura dos derrotados Akaviri em uma só. Ele instituiu as cerimônias para tornar-se Imperador, incluindo o ritual do Amuleto dos Reis, uma Gema d'Alma de imenso poder. Ele morreu em 1E 2762 e foi enterrado em Sancre Tor, que ressurgiu em riqueza e cultura sob seu governo. Depois de duzentos anos governando, sua dinastia acabou com o assassinato de seu herdeiro Reman III (supostamente pelas mãos da Morag Tong), trazendo o fim da Primeira Era.

Remanada descreve Reman como um produto da união entre o Rei Hrol (que foi morto na união) e o espírito da Santa Alessia (que era considerada como a própria terra), e algumas outras fontes parecem confirmar isso, mas céticos suspeitam que essa herança foi uma fabricação com intenção de legitimar seu governo. O texto continua para dizer que Sancre Tor significa "Colina Dourada" e que é o lugar onde Reman nasceu. Ele foi encontrado por uma pastora com o Amuleto dos Reis já em sua mão. Ela carregou a criança diretamente à Torre Ouro-Branco e o colocou no trono sem contestação.

Durante um duelo que se acredita ter ocorrido em Sancre Tor 2500 anos antes do nascimento de Reman, Pelinal Listranívea supostamente gritou o nome do futuro líder.

Veja Também

Referências

  1. ^ Variedades da Fé no ImpérioIrmão Mikhael Karkuxor
  2. ^ Tamrielic LoreYagrum Bagarn
  3. ^ [[Lore:Guia de Bolso do Império, 3º Edição/Sugar and Blood|]]

Predefinição:Aedra e Daedra</noinclude>

Riddle'Thar, Two-Moons Dance

The cosmic order deity of the Khajiiti, the Riddle'Thar was revealed to Elsweyr by the prophet Rid-Thar-ri'Datta, the Mane. The Riddle'Thar is more a set of guidelines by which to live than a single entity, but some of his avatars like to appear as humble messengers of the gods. Also known as the Sugar God.[1] Those who reached the highest levels of the way of Riddle'Thar are nearly unbeatable in weaponless combat.[2] The Riddle'Thar promised a paradise to the Khajiit known as Llesw'er.[3]

Ruptga, Tall Papa

Ruptga, more commonly Tall Papa, is the chief deity of the Yokudan pantheon. He was the first god to figure out how to survive the Hunger of Satakal. Following his lead, the other gods learned the "Walkabout", or a process by which they can persist beyond one lifetime. Tall Papa set the stars in the sky to show lesser spirits how to do this, too. It's said he was able to do this due to his enormous size. When he undertook this endeavor, he created a purpose for Tu'whacca, the Yokuda god of souls and caretaker of the "Far Shores", who helps Redguards find that place of waiting between worldskins after death. He sired many children, earning him his moniker of Tall Papa, and when there were too many spirits to keep track of, Ruptga created Sep out of the dead skin of past worlds. Sep was supposed to help him regulate the spirit trade, but Sep could not think straight in his hunger, and Ruptga sometimes had to reach into Sep to save spirits his helper had eaten. Sep convinced other spirits to help him build an easier alternative to the Walkabout, even though Ruptga did not participate or approve. When the plan proved to be a failure, leaving many spirits stranded on a dying patch-work worldskin, Tall Papa punished Sep for trapping the spirits. Legend says he squashed Sep with a big stick for leading so many into a place where they could not reach the Far Shores, and Sep's hunger fell out. However, he refused to save the stranded spirits who had allowed Sep to trick them, instead proclaiming that they would have to find new ways to jump to the Far Shores.

References

  1. ^ Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas VOF
  2. ^ Master Zoaraym's TaleGi'Nanth
  3. ^ Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas PGE3E