Lore:Reman

A UESPWiki – Sua fonte de The Elder Scrolls desde 1995
Imperador Reman Cyrodiil
Raça Imperial Gênero Masculino
Nascimento
Cyrodiil
Morte 1E 2762
Cyrodiil
Reinado 1E 2703-
1E 2762
Antecessor None
Sucessor Kastav
Residência Cyrodiil

Reman Cyrodiil, chamado de Deus Mundano, é um deus-herói cultural do Segundo Império, fundador da Dinastia Remana e o maior herói do Problema Akaviri em 1E 2703.[1][2][3] Seu nome, Reman significa "Luz dos Homens".[4] Ao contrário da crença popular, a província de Cyrodiil não recebeu o nome dele, na verdade foi ele que adotou o antigo nome Ayleid da província, Cyrod, como seu sobrenome.[5][6]

História

A invasão Akaviri foi o que permitiu Reman, chamado como "filho do Oeste", a unir várias facções diferentes sob a sua liderança [1] Vários dos antigos fortes e castelos em Arcéu são restos da rede de fortificações que Reman construiu para a defesa contra Akavir.[7] Reman não apenas parou os invasores, ele também os convenceu a ajudá-lo a construir seu próprio império e conquistar toda Tamriel (com exceção de Morrowind).[1][2][3] Os Akaviri foram os primeiros a reconhecê-lo como Draconato. Na verdade, foram os Akaviri que mais se esforçaram para promover a posição de Reman como Imperador (apesar de Reman nunca ter tomado o título durante sua vida).[8] Eles aparentemente estavam procurando pelo Draconato e quando eles ouviram a voz de Reman durante a batalha na Passagem Pálida, eles perceberam o que ele era, se ajoelharam e juraram lealdade a ele.[9]

A formação de Cyrodiil como é conhecida hoje é creditada a Reman, que incorporou aspectos de Pedra Alta, Colovia, a região de Nibenay e a sofisticada e estranha cultura dos derrotados Akaviri em uma só.[10] Ele instituiu as cerimônias para tornar-se Imperador, incluindo o ritual do Amuleto dos Reis, uma Gema d'Alma de imenso poder.[2][3] Ele morreu em 1E 2762 e foi enterrado em Sancre Tor, que ressurgiu em riqueza e cultura sob seu governo.[11][12] Depois de duzentos anos governando, sua dinastia acabou com o assassinato de seu herdeiro Reman III (supostamente pelas mãos da Morag Tong), trazendo o fim da Primeira Era.[1][2]

Remanada descreve Reman como um produto da união entre o Rei Hrol (que foi morto na união) e o espírito da Santa Alessia (que era considerada como a própria terra), e algumas outras fontes parecem confirmar isso, mas céticos suspeitam que essa herança foi uma fabricação com intenção de legitimar seu governo.[13][8] O texto continua para dizer que Sancre Tor significa "Colina Dourada" e que é o lugar onde Reman nasceu. Ele foi encontrado por uma pastora com o Amuleto dos Reis já em sua mão. Ela carregou a criança diretamente à Torre Ouro-Branco e o colocou no trono sem contestação.[4]

Durante um duelo que se acredita ter ocorrido em Sancre Tor 2500 anos antes do nascimento de Reman, Pelinal Listranívea supostamente gritou o nome do futuro líder.[4]

Veja Também

Referências

  1. ^ a b c d Pocket Guide to the Empire, 1st Edition: CyrodiilImperial Geographical Society, 2E 864
  2. ^ a b c d Variedades da Fé no ImpérioIrmão Mikhael Karkuxor
  3. ^ a b c Diálogo de Narina Carvain em Oblivion.
  4. ^ a b c Remanada
  5. ^ The Elder Scrolls Adventures: Redguard: The Origin of Cyrus!
  6. ^ A Canção de Pelinal - Volume 3: Em Seu Inimigo
  7. ^ Ice and ChitinPletius Spatec
  8. ^ a b O Livro do DraconatoPrévio Emelene Madrine, Ordem de Talos, Priorado Weynon
  9. ^ The Rise and Fall of the BladesAnonymous
  10. ^ Pocket Guide to the Empire, 3rd Edition: The Seat of Sundered Kings: CyrodiilImperial Geographical Society, 3E 432
  11. ^ The Legendary City of Sancre TorMatera Chapel
  12. ^ Túmulo em Sancre Tor: "Aqui jaz Reman de Cyrodiil. Que derrotou a Horda Akaviri e trouxe paz a Tamriel. 2762."
  13. ^ As palavras do Profeta: "EU SOU CYRODIIL VINDA, disse ele, Velho Reman, nascido da terra que É Al-Esh..."

Predefinição:Aedra e Daedra