Morrowind:36 Lessons of Vivec, Sermon 8

A UESPWiki – Sua fonte de The Elder Scrolls desde 1995
MW-icon-book-Book3.png
Informações do Livro
ID BookSkill_Athletics4
Veja também Versão da Lore
Anterior Sermon 7 Próximo Sermon 9
Value 200 Weight 3.0
Skill Athletics
Localizações
Encontrado nos seguintes lugares:
Livro 8 de uma série de palavras de conhecimento relacionadas à Vivec


E agora Nerevar e Vivec estavam a vista da capital, e os Quatro Cantos da Casa dos Problemas sabiam que não era hora de contestá-los. Os músicos da caravana fizeram uma grande música de entrada e os onze portões do Forte das Lamentações foram largamente abertos.

Ayem estava acompanhado por seu estado-marido, uma imagem oscilante que foi canalizada à sua sempre-mutante necessidade feminina. Em volta dela estavam os Gritos, uma guilda agora esquecida, que carregavam consigo os caprichos do povo, pois os Velothi então eram em sua maioria bons de coração. Os Gritos eram os conselheiros de Ayem e do país, ainda que as vezes brigassem e precisassem de Seht para espremê-los em utilidade. Ayem aproximou Nerevar, que estava agora adornado pelas bandeiras da Casa Indoril. Ele presenteou-a com o simulacro da esposa do netchador e o ovo de Vivec dentro.

Ayem contou para Nerevar:

'Seht que é Azura revelou que guerra está por vir e que o Hortator que deve nos guiar aproximará-se com uma solução andando ao seu lado.'

Nerevar constatou:

'Saí do meu caminho para avisá-los da enganação de nossos inimigos, os Dwemer, mas aprendi muito durante a viagem e mudei de ideia. A esposa do Netchador que você vê ao meu lado é uma espada e um símbolo e há profecia dentro. Diz-me que, como tal, devemos, por algum tempo, ser como ele é e, como povo, encoberto em nossos antigos inimigos, usar suas máquinas sem vergonha.'

Nisso Vivec falou alto:

'Boethiah-que-é-você vestiu a pele de Trinimac para limpar os erros de Veloth, minha Rainha, e assim deveria ser novamente. Esse é o meio de se andar do glorioso.'

Seht surgiu de uma nuvem de vapor ferroso e seus minions fizeram de seus sangues uma cadeira. Ele sentou ao lado de Ayem e olhou para o renascimento da maestria. Vivec disse a eles, seu Triune:

'Meus rituais e provações e todas as rimas entre,
Não use outro motivo além da revelação da minha pele.'

Ayem proclamou:

'AYEM AE SEHTI AH VEHK. Nós estamos afirmados e feitos completos, o diamante das Mãos Negras foi descoberto.'

Seht disse:

'Onde quer que ele vá, há escritura invisível.'

Ao que os Gritos ficaram em silêncio pela leitura repentina. Vivec então estendeu do ovo todos os seus membros e feições, fundindo-se com o simulacro de sua mãe, misturado e misturado em todas as artes do Oriente ferido-estelar, sob a água e no fogo e no metal e na cinza, seis vezes o sábio, e ele se tornou a união de homem e mulher, a magia hermafrodita, o axioma marcial, a morte-sexual da linguagem e único em todo o mundo mediano. Ele disse:

'Vamos agora guiar as mãos do Hortator na guerra e seu rescaldo. Pois nós vamos diferente, e em trovão. Este é o nosso destino.’

O fim das palavras é ALMSIVI.