Morrowind:36 Lessons of Vivec, Sermon 18

A UESPWiki – Sua fonte de The Elder Scrolls desde 1995
MW-icon-book-Book3.png
Informações do Livro
ID BookSkill_Alchemy5
Veja também Versão da Lore
Anterior Sermon 17 Próximo Sermon 19
Value 200 Weight 3.0
Skill Alchemy
Localizações
Encontrado nos seguintes lugares:
Livro 18 de uma série de palavras de conhecimento relacionadas à Vivec


Agora Vivec sentia que ele havia ensinado ao Hortator tanto quanto ele podia antes da guerra com os Dwemer vir. O guerreiro-poeta decidiu que ele tinha de começar seu Livro das Horas a esse ponto, pois o mundo estava prestes a curvar com sua idade.

Vivec entrou no Forte das Lamentações e anunciou a Ayem que ele iria lutar com os nove monstros que escaparam de sua Muatra.

'Eu retornarei,' ele disse, 'para lidar finalmente com o grande arquiteto Dwemer.'

Ayem disse, 'Ao invés de nove você encontrará apenas oito, ainda que eles sejam poderosos. O último já fora destruído por sua decisão de criar o Livro das Horas.'

Vivec entendeu que Ayem quis dizer ele mesmo.

'Por que,' ela indagou, 'você tem dúvidas?'

Vivec sabia que sua dúvida fizera-o a espada do Triune então ele não sentiu vergonha ou medo. Ao invés disso, ele explicou e essas são as palavras:

'Pode um membro do Portão Invisível se tornar tão arcaico que seu sucessor não é bem uma melhoria do modelo exato, mas sim um modelo relacionado que é necessário pelo curso da condição do mundo? Como a Mãe, você não tem que se preocupar, a não ser que as coisas no futuro sejam tão estranhas que nem mesmo Seht possa entender. Nem precisam o Executor ou o Tolo, mas eu não sou eles.
'Esses ideais não vão mudar em natureza, ainda que eles talvez mudem em representação. Mas, mesmo no oeste, o fazedor de chuva desapareceu. Ninguém mais precisa dele.
'Pode alguém destituir o modelo não pelo o modelo estar posto de acordo com um ideal mas por ele estar ligado a uma agenda mortal sempre-mutante?'

Isso foi dito para Ayem quando Vivec era inteiro. O sábio equivocará-se.

Ayem disse, 'Por isso você nasceu de uma esposa de netchador e destinado a se fundir ao simulacro de sua mãe, com guelras e misturado em todas as artes do oriente ferido-estelar, sob a água e em chamas e em metal e em cinzas, seis vezes o sábio, para se tornar a união de homem e mulher, o hermafrodita mágico, o axioma marcial, o sexo−morte da língua e único em todo mundo mediano.'

Vivec sabia então por que ele registraria seu Livro das Horas.

Esse sermão é proibido.

Nesse mundo e em outros DEZOITO menos um (o vitorioso) é o disco mágico, arremessado para alcançar o céu por violência.

Esse sermão é falso.

O fim do mundo é ALMSIVI.