Morrowind:36 Lessons of Vivec, Sermon 12

A UESPWiki – Sua fonte de The Elder Scrolls desde 1995
MW-icon-book-Book3.png
Informações do Livro
ID bookskill_heavy armor5
Veja também Versão da Lore
Anterior Sermon 11 Próximo Sermon 13
Value 200 Weight 3.0
Skill Heavy Armor
Localizações
Encontrado nos seguintes lugares:
Livro 12 de uma série de palavras de conhecimento relacionadas à Vivec


Conforme o Hortator ponderava sobre a primeira lição dos reis governantes, Vivec rumou até o Forte da Lamentação e descobriu que Ayem estava com um par de amantes. Seht dividiu-se novamente. Vivec, em seguida, saltou em suas semelhanças para observar, mas não descobriu nenhum segredo que ele não sabia. Ele deixou alguns de seus próprios para fazer a viagem valer a pena.

Então Vivec deixou a capital de Veloth e viajou até as longínquas cinzas. Ele encontrou um extenso ermo para praticar sua forma gigante. Ele fez de seu pé menos denso que o divino para evitar cair até a cintura na terra. A esse ponto, o Primeiro Canto da Casa dos Problemas, o Príncipe Molag Bal, se apresentou.

Vivec olhou para o Rei do Estupro e disse:

'Que bonita você, que não junta-se a nós. '

E Molag Bal esmagou o pé do guerreiro-poeta, que não era invulnerável, e teve legiões cortando-o. Poderosos Fogos do Lugar Inicial foram trazidos como redes para segurar Vivec, e ele deixou.

'Eu preferiria,' ele disse, 'algum tipo de cerimônia se nós vamos nos casar.'

E as legiões que pegaram o pé foram invocadas novamente e ordenadas a começar um banquete. Romãs surgiram do ermo e tendas foram levantadas. Uma mutidão de misticos Velothi veio, lendo as passagens dos pés decepados no chão e chorando até as escrituras estarem molhadas.

'Nós devemos nos amar brevemente,' Vivec disse, 'se iremos. Eu sou necessário para aconselhar o Hortator em assuntos mais importantes pois os sumo sacerdotes Dwemeri fomentam problemas. Você pode ter minha cabeça por uma hora.'

Molag Bal levantou-se e estendeu seis braços para mostrar o seu valor. Eles estavam decorados com runas de sedução e seu reverso. Eles estavam decorados com calendários anotados de mundos mais longos. Quando ele falou, monstros de acasalamento caíram.

'Onde deve ir?' Ele disse.
'Eu disse,' Vivec disse, 'eu estou destinado a ser professor do rei da Terra, AE ALTADOON GHARTOK PADHOME.'

Com essas palavras mágicas, o Rei do Estupro adicionou outra: 'CHIM,' que é a sílaba secreta da realeza.

Vivec teve o que precisava do Daedroth e então casou-se com ele naquele dia. Na hora que Bal teve sua cabeça, o Rei do Estupro pediu uma prova de amor.

Vivec recitou dois poemas para mostrá-lo tal, mas apenas o primeiro é conhecido:

Eu não tenho certeza de quanto vidro foi necessário para fazer seu cabelo
O dobro do que os oceanos têm para compartilhar, estou certo
Inferno, meu docinho, é uma ficção escrita por aqueles que dizem a verdade
Minha boca é habilidosa em mentir, e seu álibi é um dente

Os filhos e filhas de Vivec e Molag Bal eram milhares. O nome do mais poderoso é um fio de poder: GULGA MOR JIL HYAET AE HOOM.

O fim das palavras é ALMSIVI.