Lore:A Fogosa Criada Argoniana

A UESPWiki – Sua fonte de The Elder Scrolls desde 1995
Visto Em:
A Fogosa Criada Argoniana
Curtos trechos da indecente peça de Crassius Curio

Nota: Ato VII, Cena II foi adicionada em Skyrim, e não aparece em Morrowind ou Oblivion.


Ato IV, Cena III

ATO IV, CENA III, CONTINUADO

Ergue-a-Cauda: Certamente não, caro senhor! Estou aqui senão para limpar teus recintos.

Crantius Colto: Isto é tudo pelo qual aqui veio, pequena? Meus recintos?

Ergue-a-Cauda: Não possuo ideia do que insinuas, mestre. Eu sou apenas uma criada Argoniana.

Crantius Colto: Assim és, meu doce. E és ótima nisto. Tais pernas tão fortes e formosa cauda.

Ergue-a-Cauda: Tu envergonha-me, senhor!

Crantius Colto: Não tema. Estás segura aqui comigo.

Ergue-a-Cauda: Tenho de terminar minha limpeza, senhor. A ama terá minha cabeça se eu não o fizer!

Crantius Colto: Limpeza, é? Eu possuo algo para ti. Aqui, lustre minha lança.

Ergue-a-Cauda: Mas é enorme! Poderia levar-me toda a noite!

Crantius Colto: Tempo de sobra, meu doce. Tempo de sobra.

FIM DO ATO IV, CENA III


Ato VII, Cena II

ATO VII, CENA II, CONTINUADO

Ergue-a-Cauda: Vossa bondade, é uma bela massa! Mas como poderia caber em meu forno?

Crantius Colto: Este pão não está pronto para assar, meu doce. Deve antes erguer-se.

Ergue-a-Cauda: Se apenas houvesse uma forma de adiantar isto. Como deveria eu realizar tal tarefa?

Crantius Colto: Ora, minha tola pequena criada Argoniana, deves usar tuas mãos.

Ergue-a-Cauda: Desejas que eu apalpe a massa? Aqui?

Crantius Colto: É claro.

Ergue-a-Cauda: Mas e se a ama encontrar-me? Teu pão estava destinado a satisfazer os apetites dela.

Crantius Colto: Não te incomodes, minha delicada flor. Eu satisfarei os desejos da ama depois.

Ergue-a-Cauda: Pois bem, mas temo eu que meu forno não está quente o suficiente. Poderia levar horas!

Crantius Colto: Tempo de sobra, meu doce. Tempo de sobra.

FIM DO ATO VII, CENA II