Lore:Pedra Alta

A UESPWiki – Sua fonte de The Elder Scrolls desde 1995
Lore: Locais: P(Redirecionado de Lore:Pedralta)
Esta página está sendo redesenhada para o Projeto de Lugares da Lore (LPP).
A página pode precisar de algum trabalho para se encaixar em nossos padrões da página do projeto.
Pedra Alta
Tipo Província
Continente Tamriel
Aparece em Arena, Daggerfall, Shadowkey, ESO
Ficheiro:Highrock.jpg
Nação: Pedra Alta
Capital: Pousatrilha (durante o tempo da Aliança Daggerfall), Daggerfall
População Nativa: Bretões, Orcs
Fundação: Era Merética Tardia
Idioma Oficial: Tamriélico
Moeda: Septim
Os Bretões habitam a província de Pedra Alta.

Pedra Alta (ou Pedralta) é a província a nordeste de Tamriel. Muito da província é habitado pelos Bretões, que dividem a província em múltiplas cidades-estado Bretãs e reinos menores. A parte norte de Pedra Alta também contém Orsinium, a Cidade-Estado dos Orcs. Pedra Alta engloba as várias terras e clãs da Betônia Superior, das Ilhas Deselle, das tribos do Rio Bjoulsae, e, por tradidção, a Campina Ocidental. Os fortes nas áreas montanhosas e vales isolados encorajaram a independência de vários clãs Bretões, resistindo a integração a uma província formal ou identidade Imperial. Ainda assim, seu idioma, tradições bárdicas, e lendas heróicas são um legado unificador.

Geografia

Pedra Alta faz divisa com Martelfell cruzando a Passagem de Bangkorai ao sul de Skyrim, cruzando as Montanhas Druadach a leste. Sua paisagem é diversa, indo de florestas verdes a montanhas gélidas.[1]

Pedra Alta consiste de cinco regiões principais: Glenumbra, Enseada Tempestuosa, Pontafenda, norte de Bangkorai e Wrothgar. Além disso as ilhas de Balfiera e a Betônia também são parte de Pedra Alta.[1]

Glenumbra

Glenumbra

Glenumbra é a região a oeste de Pedra Alta, englobando a maior parte da panínsula e separando a Baía Ilíaca do Oceano Eltérico. Faz divisa com Enseada Tempestuosa a nordeste e Pontafenda cruzando as Montanhas Guarda do Rei, onde os Direnni derrotaram a Horda Alessiana, também fica aqui. As florestas do sul de Glenumbra são lar de vários covis, como o Fado Beldama e o Fado Glenmoril.

A região consiste majoritariamente de colinas verdes e florestas; há também um pântano grande na área de Hag Fen, a sudeste de Camlorn.[1]

Enseada Tempestuosa

Refúgio da Tempestade

Refúgio da Tempestade é a região central de Pedra Alta, situada na boca do Rio Bjoulsae. Faz divisa com Glenumbra a oeste, Pontafenda a noroeste, Wrothgar a norte e Bangkorai a leste. Refúgio da Tempestade é o lar da grande cidade mercadora de Pousatrilha, e também da região de Alcaire, que, de acordo com A Heresia Arcturiana, é o local de nascimento de Tiber Septim.

A região consiste de colinas verdes, florestadas e esparsas.[1]

Pontafenda

Pontafenda

Pontafenda é a área norte de Pedra Alta. Faz divisa com Glenumbra através das Montanhas Guarda do Rei a sudoeste, Refúgio da Tempestade a sul e Wrothgar a sudeste. A região contém as cidades-estado de Shornhelm e Ponto Norte e a infame Cripta dos Corações. Também continha Despenhadeiro da Morte, uma torre Ayleid massiva, antes de ser destruída em 2E 582.

A paisagem da região é meio escura, e consiste de terras secas, com formações pedrosas, despenhadeiros pedregosos, ermos varridos pelo vento, a cânions.[1]

Bangkorai

Bangkorai

As duas regiões do norte de Bangkorai, Mournoth e Ephesus, compõem os alcances do sudeste de Pedra Alta. A região faz divisa com Wrothgar ao norte, a Campina em Skyrim e o Cânion Desolado em Martelfell a leste, e as Terras Desoladas de Martelfell, que compõem a parte sul de Bangkorai. O principal assentamento da cidade é Eternalém. A região é lar da Passagem Bangkorai, uma guarnição fortificada que serve para proteger Pedra Alta de invasões vindas de Martelfell. Outra localização notável é o Lago Halcyon, onde as ruínas de Bisnensel, uma cidade fundada pelo último rei Ayleid, Laloriaran Dynar, está localizada.

A região consiste de planaltos florestados.[1]

Wrothgar

Wrothgar

Wrothgar é a região nordeste de Pedra Alta. Faz divisa com Pontafenda a oeste, Refúgio da Tempestade a sul, e os domínios de Haafingar e a Campina de Skyrim ficam a leste, e Bangkorai no sudeste. A região é lar da grande cidade Órquica de Orsinium, localizada nas Montanhas Wrothgarianas, assim como as cidades-estado Bretãs de Farrun e Jehanna. Também contém numerosos fortes Órquicos e ruínas Dwemer. A grande montanha de Lamentação pode ser encontrada no extremo nordeste, na divisa com Haafingar.

O clima da região é rigoroso; a paisagem consiste de florestas boreais, tundras e montanhas nevadas.[1]

A Ilha de Balfiera e a Torre Adamantina vistas de Pontafenda

Ilha de Balfiera

A ilha de Balfiera é situada no meio da Baía Ilíaca. É renomada como local da Torre Direnni, também conhecida como torre Adamantina, o prédio mais antigo da história de Tamriel.[2]

A ilha da Betônia

Betônia

A ilha verde e florestada da Betônia é situada no sul de Glenumbra. Na Segunda Era, a ilha foi conquistada pelos Orcs Dente-de-Pedra, que a renomearam Betnikh. Eventualmente a ilha foi redominada pelos Bretões. A ilha é conhecida como engatilhar a Guerra da Betônia em 3E 403.[1][3]

História

Pousatrilha

Pode ser dito que a história começa em Pedra Alta. A Convenção aconteceu aqui, na Torre Adamantina, a estrutura mais antiga a existir. A Torre estava lá quando os Aldmer colonizaram a região e inspiraram quase todas as raças de Mer a criar as próprias torres. Como outras províncias, acredita-se que Pedra Alta foi originalmente habitada por bestas, mas os Aldmer foram os primeiros a desenvolver uma civilização. Os Nedes que colonizaram a região depois foram absorvidos pelos Aldmer, mas eventualmente uma sociedade bi-racial humana-mer nasceu, e os ancestrais dos modernos Bretões nasceram. Com a chegada dos Nords (e mais uma linhagem), a queda da região dos Direnni era certa. Os humanos eventualmente se tornariam o poder predominante em Pedra Alta.

A história mais concreta de como Pedra Alta nasceu com sua família colonizadora mais famosa; o Clã Aldmer Direnni. Descritos pelo Guia de Bolso do Império como "Um poder militar e econômico, foram formidáveis o suficiente para se mostrarem uma ameaça aos batalhadores Nords e o nascente Império Alessiano de Cyrodiil. Tirando vantagem da briga interna em Skyrim, a Hegemonia começou a ir para o norte e sul de Pedra Alta, tomando porções de Skyrim e da atual Martelfell. No ápice de seu poder, eles controlaram quase todas as partes de Tamriel. Mas sobre-estenderam seus alcances, e, lentamente, ano após ano, perderam tudo que haviam conquistado, voltando para sua fortaleza em Balfiera, a Torre Adamantina, agora chamada de Torre Direnni."[4] Acredita-se que os Bretões chegaram ao poder de Pedra Alta sem violência, fazendo comércio e lentamente sobrepondo a população nórdica. A província de Pedra Alta foi controlada pelos Bretões no fim da Primeira Era. Os Direnni impactaram a população Bretã, pois quebraram a província em várias cidades-estado. Eles não teriam paz, entretanto, com a conquista Rubraguarda em 1E 808 causando conflito em colônias da Baía Ilíaca. Eles tiveram que se unir contra os Orcs de Orsinium. Essa batalha é conhecida como Cerco de Orsinium, e termina com a destruição de Orsinium.

Em 1E 1029, Imperatriz Hestra do Império Alessiano dirigiu o Rei Styriche, o Vampiro de Verkarth, e conduziu o anfitrião para o oeste até a Guarnição de Bangkorai. A Guarnição segurou, e Styriche foi esmagado entre as duas forças.[5] Impressionado com os Bretões, Hestra deu a Pedra Alta admissão ao Império logo depois.[6] Entretanto, a Guarnição teria papel na saída de Pedra Alta do Império em ruínas em 1E 2305. Numa tentativa de trazê-la de volta, as Legiões da Piedade e da Graça cercaram Pedra Alta por cinco meses, mas não foram capazes de quebrar a Guarnição e se puseram em retirada.[5]

Alto Rei Emeric

Em 2E 542, o Povo da Campina, sob comando de Durcorach o Marreco Negro invadiu Pedra Alta, saqueando Eternalém e Camlorn. Foram derrotados nos portões de Daggerfall por Emereic de Cumberland, o que levou à formação da primeira Aliança Daggerfall, assinada pelos reis de Daggerfall, Camlorn, Shornhelm, Pousatrilha e Eternalém. Em 2E 563, Emeric se tornou rei de Pousatrilha. Três anos depois, rei Ranser de Shornhelm invadiu Pousatrilha, furioso com Emeric por ter rejeito a mão de sua filha. Ele foi derrotado no Markwasten Moor pelas forças da Aliança. Esses eventos levaram à formação da Grande Aliança Daggerfall, que foi uma aliança entre Emeric, o rei Rubraguarda, Fahara'jad, e o rei Órquico Kurog gro-Orsinium. A Aliança mais tarde participou da Guerra das Alianças.[7]

Pedra Alta foi eventualmente trazida para o Terceiro Império por Tiber Septim durante as Guerras Tiber. Ainda dividida, alguns se uniram para parar o Usurpador Camorano, e ainda assim ele não foi impedido até o Barão de Dwynnen unir os cidadãos da Baía Ilíaca contra ele. Os Bretões não ficariam unidos, e voltaram a lutar entre si, e aqueles fora de Pedra Alta, até se unirem quando os Nords retomaram suas terras na Guerra de Bend'r-Mahk, quando eles lutaram com os Rubraguardas na Guerra da Betônia, e quando os Orcs ressuscitaram Orsinium. Entretanto, eles se uniriam no Milagre da Paz, também conhecido como Distorção no Oeste, que é melhor descrito no livro de mesmo nome. "O Milagre da Paz" é celebrado como produto de intervenções milagrosas de Stendarr, Mara e Akatosh para transformar essa região turbulenta em condados Imperiais pacíficos, bem governados. A destruição catastrófica da paisagem e propriedade e a grande perda de vidas deste milagre são tidas como 'trágicas, e além da compreensão mortal.'"[8] Este evento transformou Pedra Alta em cinco reinos.

Ficheiro:DF-Gothryd Face.png
Rei Gothryd de Daggerfall

Política

As relações não eram exatamente pacíficas entre os cinco reinos Bretões, mas eles não guerrearam per se. Alguns reinos podem se unir, entretanto, pelo casamento de Camaron de Sentinela com a Senhora Kelmena de Camlorn, e também pelo casamento da Rainha Aubk-i de Sentinela com Rei Gothryd de Daggerfall por volta de 3E 400. As coisas ficaram quietas nas áreas de Pontonorte e Eternalém, talvez porque são áreas mais isoladas dos outros estados. Em Pousatrilha, a Rainha Elysana é considerada uma das figuras mais poderosas da província, e controla a política. Ela também formou uma aliança com Gortwog dps Orcs (seu antigo inimigo), conforme descrito na seção de história da página.

Shornhelm, um exemplo do estilo arquitetônico Bretão

Arquitetura

A maior parte das cidades de Pedra Alta é construída no estilo Bretão, com casas construídas principalmente de pedra, com paredes fortes e altas torres. A arquitetura Órquica pode ser encontrada em Wrothgar. Adicionalmente, um número de ruínas Aylêidicas e Dwemer podem ser encontradas em Pedra Alta.[1]

Flora

Glenumbra, Refúgio da Tempestade e o norte de Bangkorai tem um clima relativamente suave e são cobertos por florestas temperadas, e a região de Pontafenda contém principalmente árvores mortas e grama passada.[1]

Uma harpia

Fauna

Muitas criaturas habitam Pedra Alta, entre elas lobos, ursos, nereids, harpias, crocodilos e spriggans. Em Wrothgar, echateres, riekr, e até horkers podem ser encontrados.[1]

Lugares Notáveis

Torre Adamantina
Localizada na Ilha de Balfiera, este prédio é a mais antiga estrutura ainda presente. A data estimada de sua construção marca ao início de toda história.
Cath Bedraud
Um grande cemitério ao norte de Glenumbra.
Camlorn
A principal cidade do estado de mesmo nome em Pedra Alta, localizado no norte de Glenumbra.
Cripta dos Corações
Um infame calabouço localizado no Sudeste de Pontafenda.
Daggerfall
A principal cidade do estado de mesmo nome em Pedra Alta, localizado no sul de Glenumbra, sul de Camlorn.
Eternalém
A principal cidade do estado de Pedra Alta, Eternalém, localizada no norte de Bangkorai, próxima a fronteira leste para Hammerfell.
Farrun
Uma cidade na costa norte de Pedra Alta.
Charnecas de Glenumbra
Local onde ocorreu a antiga batalha entre o clã Direnni e a Alessian Horde.
Jehanna
Uma cidade na área norte de Pedra Alta, próxima a fronteira com Skyrim.
Pontonorte
A cidade principal do estado de mesmo nome em Pedra Alta, no norte de Pontafenda.
Orsinium
A recém autônoma província de Orcs, liderada por Gortwog.
Shornhelm
A cidade central de Pontafenda.
Despenhadeiro da Morte
Uma antiga torre Aylêidica, destruída em 2E 582.
Pousatrilha
A cidade principal do estado de mesmo nome em Pedra Alta. É localizada ao sul de Tempesfúgio.

Veja Também

Referências

  1. ^ a b c d e f g h i j k Events of ESO
  2. ^ Antes das Eras do HomemAicantar de Shimerene
  3. ^ [[Lore:Guerra da Betônia por Newgate|]]
  4. ^ [[Lore:Guia de Bolso do Império, 3º Edição/Pedralta|]]
  5. ^ a b Bangkorai, Escudo de Pedra AltaKing Eamond
  6. ^ [[Lore:A Casa Real do Rei Eamond|]]
  7. ^ [[Lore:Triunfos de um Monarca|]]
  8. ^ A Distorção no OesteUlvius Tero