Lore:Misteriosa Akavir

A UESPWiki – Sua fonte de The Elder Scrolls desde 1995
Lore: Livros M(Redireccionado de Lore:Mysterious Akavir)
Visto Em:
Misteriosa Akavir
Informação sobre o continente Akavir.

Akavir significa “Terra dos Dragões”. Tamriel significa “Beleza do Amanhecer.” Atmora significa “Floresta Anciã”. Apenas os Rubraguardas sabem o que Yokuda significou.

Akavir é o reino das bestas. Nenhum Homem ou Mer vive em Akavir, embora Homens uma vez o fizeram. Esses Homens, entretanto, foram comidos a muito tempo pelo Povo Serpente vampírico de Tsaesci. Se eles não tivessem sido comidos, esses Homens eventualmente teriam migrado para Tamriel. Os Nórdicos deixaram Atmora por Tamriel. Antes deles, os Elfos abandonaram Aldmeris por Tamriel. Os Rubraguardas destruíram Yokuda para que pudessem fazer sua jornada. Todos os Homens e Elfos sabem que Tamriel é o nexo da criação, onde a Última Guerra acontecerá, onde os Deuses desfizeram Lorkhan e deixaram sua Torre Adamantina de segredos. Quem sabe o que os Akaviri pensam de Tamriel, mas se pergunte: por que ele tentaram invadí-la três vezes ou mais?

Essas quatro são as principais nações de Akavir:Kamal, Tsaesci, Tang Mo, e Ka Po' Tun. Quando eles não estão ocupados tentando invadir Tamriel, estão ocupados lutando entre sí.

Kamal é “Inferno de Neve”. Demônios vivem lá, exércitos deles. Todo verão eles descongelam e invadem Tang Mo, mas o bravo povo macaco sempre os expulsam. Uma vez, Ada'Soom Dir-Kamal, um rei entre os demônios, tentou conquistar Morrowind, mas Almalexia e o Rei Ínfero destruíram-no na Montanha Vermelha.

Tsaesci é “Palácio da Cobra”, uma vez o mais forte poder em Akavir (antes da vinda do Tigre Dragão). O povo serpente comeu todos os Homens de Akavir muito tempo atrás, mas ainda se parecem com eles. Eles são altos, bonitos (se assustadores), cobertos de escamas douradas, e imortais. Eles escravizam goblins das ilhas em volta, que providenciam trabalho e sangue fresco. As terras Tsaesci são difundidas. Quando os nativos de Tamriel pensam nos Akaviri eles pensam no Povo Serpente, pois um governou o Império Cyrodilico por quatrocentos anos na era anterior. Ele era o Potentado Versidue-Shaie, assassinado pela Morag Tong.

Tang Mo são as “Mil Ilhas dos Macacos”. Existem muitas castas do povo macaco, e eles são todos gentis, corajosos e simples (e muitos são também muito loucos). Eles podem levantar exércitos quando necessário, pois todas as outras nações Akaviri tentaram, uma vez ou outra, escravizá-los. Eles não sabem quem odiar mais, as Cobras ou os Demônios, mas pergunte a um, e ele provavelmente dirá, “Cobras”. Embora uma vez amargos inimigos, o povo macaco são agora aliados do povo tigre de Ka Po’ Tun.

Ka Po’ Tun é o “Império do Tigre Dragão”. O povo gato aqui é governado pelo divino Tosh Raka, o Tigre Dragão. Eles são agora um grande império, mais forte que os Tsaesci (embora não no mar). Após o Povo Serpente comer todos os Homens, eles tentaram comer todos os Dragões. Eles conseguiram escravizar os Dragões Vermelhos, mas os negros fugiram para os (então) Po Tun. Uma grande guerra foi travada, que deixou tanto gatos quanto cobras fracos, e os Dragões morreram todos. Desde então o povo gato tentou tornar-se os Dragões. Tosh-Raka foi o primeiro a conseguir. Ele é o maior Dragão do mundo, laranja e preto, e ele tem muitas novas ideias.

“Primeiro,” Tosh Raka diz, “é matar todas as cobras vampíricas.” Então o Imperador Tigre Dragão quer invadir Tamriel.